Toffoli deixa para Barroso decisão sobre inquérito dos Portos